31 de dez de 2016

Há alguns anos eu tinha o hábito de fazer uma lista para o próximo ano. Eu incluía tudo o que desejava para o próximo ano e geralmente eram coisas materiais, confesso. Sei que é necessário desejar coisas boas e mentalizar para que elas se concretizem, mas convenhamos que o ser humano é um turbilhão de emoções. Por isso eu costumava escrever desejos materiais e desejos como começar um novo hobby ou algo do tipo.
Mas eu não faço mais essas listas. Para deixar claro, não julgo quem faz. Inclusive para quem tem uma memória um tanto limitada fazer uma lista é algo bem aceitável e até necessário. Porém eu parei com minhas listas quando vi que o que a gente realmente quer a gente vai conquistando aos poucos e com mais força de vontade.
Geralmente eu parava para pensar no que iria colocar na minha lista, mas acredito realmente que quando queremos algo de verdade, não precisamos parar para pensar. Simplesmente corremos atrás. Foi o que eu fiz. Corri atrás dos meus desejos e necessidades. 
Muitas coisas aconteceram esse ano. Nenhuma delas foi planejada. Desde a perda de alguém próximo até o início de um novo ciclo para o meu futuro acadêmico. Nem mesmo minhas primeiras tatuagens ou o meu novo corte de cabelo. Nem a minha nova mania de tentar ser mais otimista. As coisas simplesmente aconteceram. Porque no fundo eu realmente queria aquilo e precisava disso ou daquilo.
E as coisas estão funcionando assim para mim. Isso não quer dizer que não desejo isso ou aquilo no início do novo ano, mas que tento manter minha mente priorizada em coisas que eu realmente necessito. 
E por isso eu não tenho uma lista esse ano. Mais uma vez. Porque quero deixar que minha mente corra atrás do que realmente ansiar, do que realmente achar necessário. Porque acredito que nossos sonhos e vontades se concretizam quando são reais, quando a ideia se prende em nossa mente, mesmo que no fundo. 
E é claro que tenho desejos e anseios para o próximo ano, mas prefiro manter minhas expectativas baixas, não por me decepcionar com algo, para não decepcionar a eu mesma com minhas vontades momentâneas. Gosto de pensar que o que tem que acontecer, acontecerá. Ou posso simplesmente fazer acontecer também. 
Faça o seu ano acontecer também. Feliz ano novo.

Um comentário:

  1. Espero q esse ano seja cheio de surpresas, pq ano passado não foi. Bom! surpresas boas, é claro.
    https://verdeveggie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar ❤️